s

Graduação

Engenharia de Robôs

    Período

  • Diurno

    Duração

  • 10 Semestres

    Localização

  • São Bernardo do Campo

    Mensalidade

  • R$ 2.496,00
  • Valor válido para 2019
Você quer criar e produzir sistemas robóticos autônomos, inteligentes, que interajam com os seres humanos e auxiliem nas tarefas do dia a dia das pessoas e empresas?
Seu lugar é aqui!


Na FEI você vai fazer o único curso de graduação de Engenharia de Robôs que existe no Brasil. Com os avanços da robótica e sua perspectiva de crescimento nos próximos anos, percebemos que ela havia evoluído tanto que necessitava uma engenharia específica.

Novas concepções de produção e de produtos começam a surgir, os robôs saem de suas grades de proteção e bases fixas, se tornando cada vez mais presentes na vida das pessoas. A robótica móvel inteligente, colaborativa, interativa e cooperativa é uma realidade. Esta tendência mundial avança para uma nova competência profissional: o engenheiro de robôs ou Engenheiro de Robótica.


O Curso

Quando você escolhe fazer Engenharia de Robôs na FEI, determina alcançar novos patamares de formação, investindo em um curso voltado para o profissional que projeta, especifica e desenvolve robôs para as mais diversas atividades.

Aqui você vai trabalhar com robôs manipuladores, móveis, autônomos e inteligentes, industriais, comerciais, domésticos, de serviço, para entretenimento ou outras aplicações, envolvendo e compartilhando os conhecimentos e competências das áreas de mecânica, eletrônica, computação, automação e controle.

Nosso projeto pedagógico incentiva pensar em soluções inovadoras e gerenciar projetos para os grandes desafios da sociedade mundial atual:



Vamos formar engenheiros com sólidos conhecimentos em engenharia e matemática, que desenvolvem uma percepção global e interdisciplinar da robótica. Têm visão crítica, criativa e inovadora, baseados em pesquisas científica e tecnológica, conscientes de sua influência na prática profissional e impactos na sociedade e no meio ambiente.
A base deste novo empreendimento da FEI são seus cursos de Ciência da Computação, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica e Engenharia de Automação e Controle, que oferecem e compartilham 70% das disciplinas de Engenharia de Robôs.
Com a implantação do curso, queremos formar os mais competentes profissionais do mercado, que irão avançar com a tecnologia robótica no Brasil e no mundo.

  • Preparando o futuro

    A inovação, na FEI, é baseada em conhecimento e pesquisa:

    • Promovemos e incentivamos as pesquisas científicas e tecnológicas, que colocam você em posição de liderança na aquisição do conhecimento, com atualização constante dos contextos complexos que envolvem tecnologia.
    • Praticamos a cultura da inovação, que permeia os cursos e o ambiente universitário.
    • As pesquisas realizadas e nossos parceiros estão na vanguarda do desenvolvimento científico e tecnológico nacional e mundial.

    Desenvolvemos cooperação e convênios entre empresas, órgãos públicos e instituições internacionais, proporcionando a você contato direto com o mercado de trabalho e engajamento global.

    Na área da robótica, a indústria, o comércio e outros modelos de negócios necessitam fazer o avanço de suas máquinas para a indústria 4.0, com profissionais competentes que desenvolvam robôs de serviços, que possam ser confiáveis no relacionamento cada vez mais eminente com os seres humanos. A FEI investe na excelência do ensino e em pesquisa científica e tecnológica para que você projete cenários futuros!




  • Plano do Curso

    Local Campus São Bernardo do Campo - SP
    Duração 10 semestres (Curso diurno)
    Habilitação Engenharia de Robôs 4.034 horas aula
      100 horas de atividades complementares
      160 horas de estágio supervisionado
      Carga horária total: 4.294 horas


    Todos os cursos de Engenharia têm, no currículo, um núcleo de conteúdos básicos, um núcleo de conteúdos profissionalizantes e um núcleo de conteúdos específicos, que caracterizam a modalidade escolhida.

    No curso de Engenharia de Robôs, as disciplinas de conteúdos básicos e profissionalizantes estão dispostas em um núcleo comum às engenharias, enquanto as disciplinas de conteúdo específico estão dispostas em outro núcleo.


    A carga de aulas do curso está dividida em:

    • Disciplinas do núcleo comum de Engenharia: 1800 horas
    • Disciplinas específicas: 2234 horas, sendo:
       o Disciplinas obrigatórias: 2034 horas
       o Disciplinas optativas: 134 horas
       o Disciplinas eletivas: 66 horas

    Disciplinas optativas são disciplinas que podem ser escolhidas pelo aluno e que estão previstas na grade curricular do curso. Disciplinas eletivas são disciplinas que também podem ser cursadas à livre escolha do aluno, mas que não estão descriminadas nas grades dos cursos, podendo ser cursadas na FEI ou em um curso reconhecido de outra instituição de ensino superior. Para completar a carga horária total do curso, os alunos realizam Atividades Complementares e Estágio Curricular Supervisionado.

  • O Processo de Aprendizagem

    Temos uma visão contemporânea do ensino da engenharia, uma nova e arrojada proposta de mudança dos processos tradicionais de aprendizagem:

    • foco em metodologias ativas
    • ferramentas didáticas inovadoras
    • novas estratégias de avaliação de competências e conhecimentos

    Trabalhamos com um ecossistema de ensino-aprendizagem que:

    • favorece o desenvolvimento do perfil protagonista
    • promove autonomia intelectual
    • potencializa a capacidade de aprender a aprender

    Nossos alunos adaptam-se perfeitamente às demandas futuras e imprevisíveis. Eles têm o domínio do processo criativo e otimizam a mobilização de conhecimentos e execução de projetos em soluções com potencial disruptivo e de alto valor social.

  • Fórmula FEI Elétrico

    Fórmula FEI Elétrico

    O Fórmula FEI Elétrico é um projeto que coloca os alunos em sintonia com a mesma tecnologia empregada atualmente nos carros elétricos e na indústria automobilística. Os alunos que integram o projeto são desafiados a desenvolverem um sistema de propulsão (motor elétrico, inversor de frequência e baterias) além de soluções inovadoras e criativas em outros subsistemas do veículo tais como freios, suspensão, direção, chassis e transmissão.

    Saiba mais

  • pace fei

    Pace fei

    O Centro Universitário da FEI é uma, das duas universidades brasileiras, que participam deste programa global que tem como o objetivo principal colaborar com o desenvolvimento do setor automotivo, formando mão de obra qualificada e atualizada com as mais modernas tecnologias utilizadas. Neste biênio a FEI pertence ao time 8 que envolve as faculdades de ITESM-Toluca (México), Universidad Iberoamericana (México), College For Creative Studies (EUA), University of Puerto Rico Mayaguez (EUA).

  • As Áreas de Atuação

    Você poderá trabalhar nas indústrias no mundo todo, que hoje já são muitas e devem se multiplicar exponencialmente até a próxima década, exigindo a contratação de mão de obra qualificada.

    Você terá formação profissional para ser pioneiro na criação de empresas de robótica no Brasil e na América Latina.

    A robótica atrai a atenção e investimentos de setores importantes da economia mundial. Gigantes do setor automobilístico e de tecnologia investem pesado na robótica e em empresas de ponta do setor. Muitas empresas de serviços, agricultura, segurança, entre outras, têm procurado robôs para executarem funções e tarefas de forma autônoma.

    As demandas por novas tecnologias robóticas, que antes ficavam restritas às indústrias de grande porte, chegam agora até nossas casas e automóveis, ao pequeno agricultor, aos pequeno e médio empresários, às salas cirúrgicas e a tantas outras aplicações, expandindo o campo de atuação dos alunos da Engenharia de Robôs da FEI.

Estude Engenharia
na FEI

Acompanhe os projetos inovadores e com visão de futuro que os alunos de Engenharia da FEI participam!

Clique aqui

Por que criamos o primeiro curso de Engenharia de Robôs do Brasil

• Em sintonia com os atuais movimentos do ensino superior em busca da inovação e atuando há muitos anos em pesquisas em robótica, a FEI compreendeu a necessidade de um curso de graduação para formar profissionais aptos a lidar com a tecnologia dos robôs.

• Já temos programas de Mestrado e Doutorado em Engenharia Elétrica, que se desenvolvem em três linhas de pesquisa e uma delas, Inteligência Artificial Aplicada à Automação e Robótica (a área mudou de nome em 2017 e passou a incluir robótica no nome), está diretamente relacionada com a área do curso de Engenharia de Robôs. Desse modo, nos pareceu importante formar profissionais em sua primeira etapa de estudos, a graduação, incentivando seu posterior ingresso nos programa de Mestrado e Doutorado, incrementando as pesquisas na área.

• Esta relação entre graduação e pós-graduação dá sustentabilidade científica e tecnológica à formação do futuro profissional, tanto estimulando-o para a vida acadêmica e científica como preparando-o para as mudanças de tecnologia recorrentes em um mercado de trabalho exigente e dinâmico como o de Engenharia de Robôs. A formação continuada confere a nossos alunos o papel de protagonistas nas pesquisas para a promoção uma sociedade ainda melhor.

• Nosso campus está situado em uma região com diversas indústrias de ponta, o ABC paulista é uma das áreas mais robotizadas do país. Todos os segmentos estão passando por uma reestruturação que demanda a necessidade das chamadas fábricas inteligentes, também conhecida como indústria 4.0. Desse modo, a parceria desenvolvida entre a FEI e essas empresas também incentivou a criação da Engenharia de Robôs.

• Nos últimos 3 anos, muitos eventos nacionais têm incentivado jovens e crianças a se inserirem no mundo da robótica autônoma e inteligente:

o Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR)
o Mostra Nacional de Robótica (MNR)
o Competição Brasileira de Robótica (CBR) - categorias júnior
o First Lego League (FLL)

Na OBR, em 2018, foram 4.000 equipes inscritas, com aproximadamente 15 mil alunos de todos os estados brasileiros projetando, construindo e programando seus robôs autônomos. Mais de 150 mil alunos já realizaram provas teóricas sobre robótica, aplicadas desde o 1º ano do fundamental até o 3º ano do ensino médio. Outros 10 mil estudantes competiram na FLL, em desafios de robótica autônoma. Esses alunos, motivados e incentivados a aprender, vivenciar e deslumbrar a robótica desde pequenos, estão chegando às universidades. Nosso curso de Engenharia de Robôs insere-se neste contexto como a alternativa viável para esses jovens interessados em se profissionalizar na área.

Disciplinas

Diurno

Clique nos ciclos abaixo para mais detalhes:

Cálculo Diferencial e Integral I

Cálculo Diferencial e Integral I

Conceito de Função. Funções Básicas. Limites. Formas Indeterminadas. Limites Fundamentais. Derivadas. Interpretação Geométrica. Propriedades Operatórias.

Cálculo Vetorial e Geometria Analítica

Cálculo Vetorial e Geometria Analítica

Matrizes. Vetores no Plano e no Espaço. Operações com Vetores. Dependência Linear. Bases. Produtos. Sistemas de Coordenadas. Retas e Planos. Superfícies Esféricas.

Desenho Técnico

Desenho Técnico

Introdução aos conceitos básicos para a interpretação e elaboração de desenhos técnicos utilizados em engenharia. Representação de figuras planas e perspectivas. Elaboração de croquis. Projeções ortográficas convencionais e com utilização de cortes. Dimensionamento e escalas. Trabalhos práticos manuais com instrumentos e por meio de software CAD.

Física I

Física I

Medidas físicas; Cinemática da partícula; Dinâmica da partícula: Forças e leis de Newton; Trabalho, energia e conservação da energia; Impulso, momento linear e conservação do momento linear.

Laboratório de Matemática

Laboratório de Matemática

Conversão de relações descritas em língua natural (propostas de problemas) para a forma de expressões matemáticas e lógicas (modelos matemáticos) utilizando Funções Básicas. Desenvolvimento de soluções em ambiente computacional.

Práticas de Inovação I

Práticas de Inovação I

Conceito de inovação (descoberta x invenção x inovação); tipos de inovação (produto, processo, marketing, método organizacional e modelo de negócio); formulação de problema e geração de ideias (técnicas de formulação de perguntas, ferramenta de Design Thinking ((pensar de forma criativa e visual e usado geralmente quando o problema não está bem definido)) e o método do 5W1H); seleção de ideias (uso da ferramenta do Funil da Inovação) e difusão de ideias em seus diferentes graus (incremental, radical e mudança de paradigma); algumas ferramentas de auxílio do Google: Analytics, Adsense e Adwords.

Sociologia

Sociologia

Principais conceitos sociológicos. Trabalho objetivo e subjetivo. A transformação da organização social do trabalho. Trabalho, identidade e interação social. A quarta revolução industrial: trabalho, economia, cultura e política. Novos paradigmas sociais. Estado e políticas de inserção social. Desigualdades, conflitos sociais, identidade e diversidade. Multiculturalismo e pluralidade.

Cálculo Diferencial e Integral II

Cálculo Diferencial e Integral II

Aplicações de Derivadas: otimização, regra do L’Hospital, esboço de gráficos de funções. Diferenciais e Taxa de Variação. Integrais Indefinidas. Técnicas de Integração. Integrais Definidas e Aplicações.

Comunicação e Expressão

Comunicação e Expressão

Textos literários e textos não literários. Níveis de linguagem, linguagem coloquial e norma culta. Leitura e interpretação de textos dissertativos, científicos e jornalísticos. Estrutura do texto dissertativo. Estrutura do parágrafo e tópico frasal; coesão e coerência textuais. Argumentação: tipos de argumento. Tópicos de linguagem. Produção textual.

Eletrônica Geral

Eletrônica Geral

Representação Analógica e Digital e suas interfaces. Introdução aos Circuitos Lógicos. Controladores Lógicos Programáveis e Microcontroladores. Instrumentação e amplificação. Sensores e Atuadores. Processamento de Sinais. Comunicação Digital.

Filosofia

Filosofia

Realismo. Investigação existencial e Experiência. Razão e Razoabilidade. Certeza moral e Fé. Moralidade no conhecimento. Razão e Sentimento. Senso religioso. Pessoa e o Infinito.

Física II

Física II

Oscilações simples, amortecidas e forçadas. Ressonância. Ondas mecânicas. Equilíbrio térmico e calor. Transferência de calor: condução, convecção e radiação. Propriedades térmicas da matéria. Primeira lei da termodinâmica, trabalho, energia e processos termodinâmicos simples. Segunda lei da termodinâmica, entropia, máquinas térmicas e refrigeradores.

Introdução à Computação

Introdução à Computação

Introdução e conceitos básicos de Algoritmos. Noções sobre bases de numeração: decimal, binária, hexadecimal. Tipos básicos de dados. Variáveis, fluxos sequenciais, operadores matemáticos, lógicos e relacionais. Estruturas de controle de seleção. Estruturas de controle de repetição. Modularização. Tipos de dados estruturados homogêneos.

Práticas de Inovação II

Práticas de Inovação II

Competências para inovar (liderança, ferramenta DISC para avaliação pessoal, tipos de profissional); risco x incerteza (transformar incerteza em risco, classificando em tipo de grau de risco); Effectuation (metodologia de desenvolvimento de negócio); metodologia de validação de ideias; construção de um MVP Minimum Viable Product no laboratório de informática (elaboração de vídeos, app, blogs, fotos etc); falar de marketing digital e mídias sociais

Química Geral

Química Geral

Quantidade de matéria; Gases; Líquidos; Estequiometria; Equilíbrio líquido – vapor. Balanço Material. Termoquímica; Combustão e combustíveis; Lubrificantes e lubrificação; Eletroquímica.

Cálculo Diferencial e Integral III

Cálculo Diferencial e Integral III

Funções de Várias Variáveis. Derivadas Parciais. Diferenciais. Integrais Múltiplas. Integrais de linha. Operadores: Gradiente, Divergente e Rotacional.

Desenvolvimento de Algoritmos

Desenvolvimento de Algoritmos

Strings, recursividade, subprogramas e funções, ponteiros, alocação dinâmica, arquivos (texto e binário), passagem de parâmetros por referência, bibliotecas estáticas e compartilhadas.

Equações Diferenciais

Equações Diferenciais

Equações diferenciais de primeira Ordem: Variáveis Separáveis, Homogêneas, Lineares e Exatas. Equações Diferenciais de Segunda Ordem com Coeficientes Constantes: Homogênea e Completa. Modelagem matemática.

Física III

Física III

Carga elétrica, campo elétrico, força elétrica e fluxo de campo elétrico. Corrente elétrica, campo magnético, força magnética e fluxo de campo magnético. Movimento de cargas puntiformes em campos elétrico e magnético. Potencial elétrico, energia potencial elétrica e capacitância. Indução eletromagnética, energia magnética e indutância. Campos elétricos e magnéticos na matéria.

Introdução à Robótica Móvel

Introdução à Robótica Móvel

Laboratório com Robôs móveis , sensores, instrumentação, e controle simples.

Mecânica Geral

Mecânica Geral

Centroide, centro de massa e momentos de inércia. Sistemas de forças e forças distribuídas. Equilíbrio. Cinemática do corpo rígido: translação, rotação e centro instantâneo de rotação. Dinâmica do corpo rígido: translação e rotação

Princípios de Ciência e Engenharia de Materiais

Princípios de Ciência e Engenharia de Materiais

Tipos de ligações químicas em sólidos de substâncias puras e seu papel na determinação de: (1) propriedades físicas fundamentais; (2) estruturas atômicas/moleculares; (3) classes de materiais; (4) propriedades mecânicas básicas. Influência das estruturas e microestruturas nas propriedades dos materiais. Introdução a relação entre estrutura/propriedades/processamento e desempenho de materiais.

Sistemas Digitais I

Sistemas Digitais I

Sistemas de numeração. Álgebra Booleana. Portas Lógicas. Projeto Lógico Combinacional. Representação de Funções. Otimizações. Circuitos Lógicos de Aplicação. ULA. Sistemas de Lógica Programável. Linguagens de Descrição de Hardware.

Álgebra Linear e Aplicações

Álgebra Linear e Aplicações

Sistemas Lineares. Espaços Vetoriais. Subespaços Vetoriais. Bases e Dimensões. Transformações Lineares. Autovalores e Autovetores. Espaços Vetoriais com Produto Interno. Aplicações.

Atuadores e Servomotores

Atuadores e Servomotores

Motores DC e Servomotores. Ponte H, circuitos de potência, controle de corrente. Projetos de uso e aplicações práticas.

Eletricidade Geral

Eletricidade Geral

Circuitos de corrente contínua. Potência gerada e dissipada. Circuitos de corrente alternada. Fator de Potência. Circuitos trifásicos. Motores e geradores elétricos. Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica. Fornecimento de Energia – Tarifação.

Física Moderna

Física Moderna

Óptica física: polarização, interferência e difração. Relatividade: dilação temporal, contração espacial e equivalência entre massa e energia. Física quântica: fótons e efeito fotoelétrico, ondas de matéria e equação de Schrödinger, princípio da incerteza, interpretação probabilística e tunelamento, átomos e moléculas, condução de eletricidade nos sólidos, núcleos atômicos, radioatividade e energia nuclear.

Introdução à Análise de Circuitos

Introdução à Análise de Circuitos

Números Complexos. Funções de Variáveis Complexas. Fasores e representação de sinais senoidais. Regime permanente senoidal. Cargas reativas. Séries de Funções. Séries de Fourier. Decomposição de sinais em séries de Fourier. Harmônicas.

Mecânica dos Sólidos

Mecânica dos Sólidos

Complementos de estática. Elementos estruturais. Mecânica dos sólidos deformáveis: tensões, deformações, deslocamentos, classificação dos materiais estruturais e leis constitutivas. Modelagem de casos particulares: i) tração/compressão e flambagem; ii) cisalhamento puro e ligações mecânicas; iii) flexão pura, simples e composta; iv) torção e transmissão de potência em seções circulares; v) tensões térmicas.

Navegação de Robôs Móveis

Navegação de Robôs Móveis

Mapas; Campos Potenciais; Planejamento de Rotas e Trajetórias; Decomposição de Células; Árvore de Exploração randômica Rápida (RRT´s); Diagrama de Voronoi

Sistemas Digitais II

Sistemas Digitais II

Lógica Sequencial. Latch primitivo. Equações de Estado dos Flip-Flops. Máquina de Estados Finitos. Registradores de Deslocamento. Contadores Síncronos. Projeto em Nível de Transferência entre Registradores. Equações de Estado. Aplicações para Modelagem de Sistemas. Sistemas de Lógica Programável. Linguagem de Descrição de Hardware para estruturas sequenciais.

Circuitos Elétricos I

Circuitos Elétricos I

Técnicas de análise nodal e de laço; Técnicas adicionais de análise (teoremas). Capacitância e Indutância. Circuitos RC, RL e RLC (Análise Transitória). Análise em CA: Análise senoidal em regime permanente (Teoremas em CA) Potência em CA regime permanente. Circuitos Polifásicos

Conversão de Energia I

Conversão de Energia I

Lei de Ampere; Intensidade do Campo H, fluxo e densidade de fluxo. Circuitos Magnéticos lineares. Circuitos Magnéticos não lineares, excitação em corrente alternada. Lei de Faraday/Lenz. Força eletromotriz. Parâmetros de Indutância. Energia Armazenada. Perda por histerese. Perda devido às correntes parasitas. Corrente Alternada. Reator. Transformadores.

Eletrônica I

Eletrônica I

Características elétricas e modelos simplificados de diodo. Circuitos com diodos. Transistores bipolares de junção. Transistores de Efeito de Campo. MOSFET como amplificador. Transistor como chave.

Gestão de Projetos Inovadores

Gestão de Projetos Inovadores

Gestão de Projetos: escopo, tempo, custos, qualidade, pessoas, comunicação, aquisições, riscos, stakeholders e integração; Grupos de processos: iniciação, planejamento, execução, controle e encerramento. Canvas. Elaboração de projeto em grupo com enunciação do problema e desenvolvimento da solução com o uso de Canvas.

Mecânica dos Fluidos

Mecânica dos Fluidos

Conceitos fundamentais de mecânica dos fluidos; Viscosidade; Hidrostática; Manometria; Conservação da massa e energia em volume de controle; Equação de Bernoulli; Perda de carga distribuída e singular; Diagrama de Moody; Experimentos em laboratório de mecânica dos fluidos para escoamentos incompressíveis.

Mecânica dos Sólidos II

Mecânica dos Sólidos II

Análise de tensões, deformações e deslocamentos sob esforços combinados à luz do Estado Geral de Tensões. Estados Planos. Laboratório para análise experimental de estruturas: técnicas ponto a ponto (extensometria elétrica) e de campo completo (fotoelasticidade e Digital Image Correlation - DIC). Práticas computacional e experimental com ensaios de validação e com projeto de análise experimental de estrutura.

Modelos Probabilísticos

Modelos Probabilísticos

Probabilidade. Variáveis Aleatórias Discretas. Distribuição Conjunta de Variáveis Aleatórias Discretas. Distribuições de Variáveis Discretas: Binomial e Poisson. Distribuições de Variáveis Aleatórias Contínuas: Normal e Exponencial.

Cinemática e Dinâmica de Robôs Móveis

Cinemática e Dinâmica de Robôs Móveis

Cinemática e dinâmica (nas formas direta e inversa) aplicadas a robôs móveis com rodas, pernas e aéreos.

Introdução ao Controle Digital

Introdução ao Controle Digital

Transformada Z e Laplace; Teoria da Amostragem; Discretização; Equações de diferença; Sintonia de controladores PID e síntese em microcontrolador.

Manipuladores Robóticos

Manipuladores Robóticos

Cinemática direta e inversa de Manipuladores. Geração de trajetória; Programação de robôs manipuladores.

Métodos Estatísticos

Métodos Estatísticos

Amostragem. Distribuições Amostrais. Intervalos de Confiança. Testes de Hipóteses para a Média e a Proporção. Correlação e Regressão. Teste de Qui-Quadrado. Análise de Variância. Desenho de Experimentos.

Orientação a Objetos

Orientação a Objetos

Introdução a programação orientada a objetos (POO), Conceitos e codificações de Classes e Objetos, Construtores, Encapsulamentos, Modificadores de acesso, introdução à UML; Heranças, polimorfismo, Agregação, Upcasting/Downcasting, sobrecarga de métodos, sobrecarga de construtor, classes abstratas, interfaces, sobrecarga de operadores, Metaclasses

Seleção de Materiais para Robótica

Seleção de Materiais para Robótica

A estratégia de seleção de materiais e suas interações com a inovação e a sustentabilidade. Aplicação desta estratégia orientada pela utilização de uma base de dados de seleção de materiais, incluindo materiais metálicos, cerâmicos, poliméricos e compósitos. Estudos de casos dirigidos para aplicação na seleção de materiais empregados na construção de robôs utilizados em ambientes internos e externos.

Simulação Estrutural

Simulação Estrutural

Apresentação dos principais métodos numéricos de simulação estrutural, com aplicações na concepção dos componentes, definição de materiais e mecânico-estrutural.

Vibrações Mecânicas

Vibrações Mecânicas

Revisão de conceitos fundamentais da Mecânica Newtoniana. Modelagem de sistemas vibratórios. Vibração livre e forçada de sistemas de um grau de liberdade: excitação por forçante externa, oscilação de base e desbalanceamento. Resposta em frequência. Vibração livre e forçada de sistemas de múltiplos graus de liberdade: frequências naturais e modos de vibração. Controle de vibrações.

Cálculo Numérico

Cálculo Numérico

Sistemas lineares: métodos exatos e iterativos. Zeros de funções. Aproximação de funções – Método dos Mínimos Quadrados. Interpolação – Método de Newton e Método de Lagrange. Integração numérica. Equações diferenciais – métodos numéricos.

Desenho Técnico Mecânico

Desenho Técnico Mecânico

Extensão dos conceitos desenvolvidos em Desenho Técnico. Desenhos de montagens de componentes mecânicos com aplicação de elementos normalizados. Fundamentos de toleranciamento e ajustes. Representação normalizada de desenhos de detalhes e conjuntos. Modelagem em software CAD; definição de materiais e lista de componentes. Indução ao estudo extra-classe da técnica de desenvolvimento de dobras em software CAD. Práticas computacional e experimental.

Economia

Economia

Breve história do pensamento econômico. Microeconomia: oferta e demanda, elasticidade e custo marginal. Função produção. Inovação tecnológica no contexto da economia da empresa. Macroeconomia: taxa de juros, câmbio, moeda, dívida pública, PIB, desemprego, inflação. Introdução à organização industrial.

Elementos de Máquinas para Automação

Elementos de Máquinas para Automação

Apresentação dos principais órgãos de máquinas e transmissão e estudo dos métodos de cálculo para seleção e emprego destes. Fadiga nos elementos mecânicos.

Ensino Social Cristão

Ensino Social Cristão

Natureza do Ensino Social Cristão. Princípios norteadores. Dignidade humana e Direitos humanos. Princípio da Solidariedade; Princípio da Subsidiariedade e do Bem Comum. Justiça e Misericórdia. Política: papel do Estado e grupos intermediários. Liberdade religiosa. Economia, ética e destinação universal dos bens. A questão do trabalho humano. Solidariedade, economia e desenvolvimento integral.

Estrutura de Dados e Análise de Algoritmos

Estrutura de Dados e Análise de Algoritmos

Listas (Lineares, Ligadas, duplamente-ligadas, circulares), Pilhas, Filas, Arvores Binárias, Árvores de Busca, Grafos, Técnicas de Análise de Algoritmos (Big-Oh), Técnicas de desenvolvimento de algoritmos, Algoritmos de Ordenação, Algoritmos para Grafos e Árvores.

Projetos de Robôs

Projetos de Robôs

Design e Desenvolvimento de Robôs com uso de sensores avançados (LASER, GPS, IMU, outros)

Sistemas de Controle I

Sistemas de Controle I

Função de Transferência; Sistemas de 1ª. e 2ª. ordem; Estabilidade; Erros Estacionários; Lugar Geométrico das Raízes; Resposta em Frequência e Introdução a Robustez

Empreendedorismo e Inovação

Empreendedorismo e Inovação

Desenvolvimento de produtos e serviços, Inovação tecnológica; Desenvolvimento Econômico; Competitividade Empresarial; Ambientes; Sistemas Institucionais; Estratégias aplicadas a Planos de Negócios; Estudos de Casos

Estratégia e Gestão Organizacional

Estratégia e Gestão Organizacional

Estratégia. Gestão por processos e funções organizacionais (finanças, marketing, produção). Gestão do desenvolvimento de produto. Aspectos humanos nas organizações.

Inteligência Artificial e Aprendizado de Máquina

Inteligência Artificial e Aprendizado de Máquina

Representação de Conhecimento; Planejamento; Algoritmos Genéticos; Sistemas Fuzzy; Teoria da Decisão; Aprendizado Indutivo; Aprendizado por Reforço; Redes Neurais

Metodologia da Pesquisa

Metodologia da Pesquisa

A pesquisa e a produção metodológica de conhecimento. Projeto de pesquisa científica. Taxonomias e tipos de pesquisas. Procedimentos e etapas de um trabalho científico (tema, problema, objetivos, hipóteses, justificativas). Citações e Referências bibliográficas. Plágio e ética na Pesquisa Científica. Níveis e variáveis de mensuração. Amostragem na pesquisa. Elementos pré-textuais, textuais e pós-textuais. As Referências e normas. Fontes de pesquisa e banco de patentes

Robótica Probabilística

Robótica Probabilística

Filtros de Kalman, Particulas e Bayesianos; Modelos de Movimento; Mapeamento e Localização Simultâneous; Localização de Monte Carlo e Cadeias de Markov.

Sistemas de Controle II

Sistemas de Controle II

Espaço de Estados; Realimentação de estado; Sistemas Não-Lineares; Critérios de estabilidade de Lyapunov; Controle por torque calculado e controle por modos deslizantes.

Visão Computacional

Visão Computacional

Processamento de imagens; Filtros, descritores e detectores; Segmentação; Reconhecimento; Correção de Ruídos; Camera Estéreo.

Engenharia Econômica

Engenharia Econômica

Matemática financeira. Valor do dinheiro no tempo: juros e fluxo de caixa. Métodos de análise de projetos de investimento (VPL, TIR, VAE, tempo de retorno). Vida econômica e substituição de equipamentos.

Ética

Ética

O âmbito da ética. Relações étnico-raciais, discriminação e xenofobia. Ética da Lei Natural. Fundamentos da Lei Natural. A opção fundamental e os comportamentos concretos. Direito natural e direito positivo. Ética, ciência e tecnologia. Éticas aplicadas: códigos de ética profissionais; ética dos negócios e ética concorrencial.

Optativas I

Optativas I


Nome:
Automação de Sistemas Mecânicos

Ementa:
Subsistemas hidráulicos, pneumáticos e elétricos: sensores, atuadores, máquinas de deslocamento positivo, válvulas (de controle de pressão, vazão e direcionais), circuitos. Simbologia. Automação combinatória e sequencial: análise e projeto. Sistemas híbridos. Arquitetura da automação. Práticas computacional e experimental.

Pré-requisito:


Nome:
Automação Industrial

Ementa:
Sistemas computadorizados para automação industrial e da manufatura. Controle sequencial. Controladores programáveis: associações lógicas, memorização, contagem, temporização. Acionamentos elétricos, hidráulicos e pneumáticos.

Pré-requisito:
Desenvolvimento de Algoritmos


Nome:
Circuitos Elétricos II

Ementa:
Introdução à Transformada de Laplace, sistemas de primeira e segunda ordens; geração de sinais periódicos no domínio da frequência complexa, teoremas valor inicial e final. Análise transitória e resposta em frequência. Aplicação da transformada de Laplace à análise de circuitos; redes estacionárias; redes magneticamente acopladas e indutância mutua; resposta em frequência, polos e zeros, circuitos ressonantes, diagrama de Bode.

Pré-requisito:
Circuitos Elétricos I


Nome:
Comunicação de Dados para Robôs Móveis

Ementa:
Comunicação via Rádio; TCP/IP; arquiteturas de comunicação de dados; redes industriais; redes celulares

Pré-requisito:
Digitais II e Eletrônica I


Nome:
Eletrônica II

Ementa:
Amplificadores Operacionais. Configuração inversora, não-inversora, integrador e somador. Circuitos com Amplificadores Operacionais. Amplificador Diferencial. Realimentação. Resposta em Frequência. Amplificador de Potência.

Pré-requisito:
Eletrônica I


Nome:
Libras (Língua Brasileira de Sinais)

Ementa:
A realidade da pessoa surda na sociedade brasileira. Inclusão e integração do surdo na educação e no mercado de trabalho. De que se trata a Língua Brasileira de Sinais. A linguagem de Sinais em situações dialógicas: apresentação pessoal, cumprimentos, diálogos corriqueiros, alfabeto, números, cores, verbos, tempos verbais, pronomes, família, a casa, profissões, alimentos, horários, sentimentos, meios de comunicação, meses do ano.

Pré-requisito:


Nome:
Modelagem de Software Orientado a Objetos

Ementa:
Conceitos de Modelagem Orientada a Objetos, modelagem em UML, documentação de sistema.

Pré-requisito:
Orientação à Objetos


Nome:
Segurança e Confiabilidade de Robôs

Ementa:
Introdução aos conceitos de segurança e confiabilidade; Métodos e Análises de Confiabilidade; Segurança e perigos associados aos sistemas robóticos.

Pré-requisito:


Nome:
Simulação de Sistemas

Ementa:
Modelagem para simulação. Modelos de simulação de sistemas. Teoria das Filas. Desenvolvimento de modelos de simulação. Aplicação da simulação em sistemas de produção. Validação de modelos e análise de resultados. Simulação com o uso de sistemas computacionais.

Pré-requisito:


Nome:
Termodinâmica

Ementa:
Leis básicas da termodinâmica (1ª e 2ª Leis da Termodinâmica). Sistemas abertos ou fechados. Regime permanente ou variável. Propriedades das substâncias puras. Estudos dos ciclos de Carnot, Rankine e refrigeração.

Pré-requisito:
Física II


Nome:
Transferência de Calor

Ementa:
Modos de transferência de calor: condução, convecção e radiação; Resistência térmica; Associação em série e paralelo; Aletas; Trocadores de calor

Pré-requisito:


Nome:
Veículos Autônomos

Ementa:
Principais tecnologias e subsistemas característicos de veículos semi-autônomos e autônomos. Sensores, atuadores, comunicação, sistemas de controle, inteligência e integração das diversas tecnologias. Infraestrutura, regulação e tendências.

Pré-requisito:

Processos Mecânicos de Fabricação

Processos Mecânicos de Fabricação

Classificação e características dos processos de fabricação. Processos de conformação. Processos de usinagem. Máquinas e equipamentos de processos mecânicos de fabricação e suas aplicações. Planejamento de processos de fabricação de produtos. Tecnologia da informação aplicada nos processos de fabricação (CAPP, CNC/CAM). Noções de manufatura aditiva por impressão 3D.

Sistemas Embarcados

Sistemas Embarcados

Hardware e Software de sistemas embarcados. Projeto de hardware embarcado. Projeto de software embarcado. Projeto integrado de aplicação.

Trabalho de Conclusão de Curso I

Trabalho de Conclusão de Curso I

Desenvolvimento de Projeto em Grupo

Custos

Custos

Conceitos básicos. Métodos de custeio. Abordagens contemporâneas de custos: custos ambientais, custos da qualidade, Life Cycle Costing (LCC), outras.

Ecologia e Sustentabilidade

Ecologia e Sustentabilidade

A questão ambiental e a vida humana. Teoria Ecológica: Sociedade, Desenvolvimento e Meio Ambiente. O Impacto das novas tecnologias. Eficiência energética. Produção Mais Limpa. Eco eficiência. Logística reversa. Produção sustentável e Análise de Ciclo de Vida do Produto. Normas e Certificações

Eletivas

Eletivas

Interação Humano - Robô

Interação Humano - Robô

Robótica Colaborativa; Aspectos Sociais da Robótica; Ética; Robôs Sociais; Neurociência/Emoções

Optativas II

Optativas II


Nome:
Automação de Sistemas Mecânicos

Ementa:
Subsistemas hidráulicos, pneumáticos e elétricos: sensores, atuadores, máquinas de deslocamento positivo, válvulas (de controle de pressão, vazão e direcionais), circuitos. Simbologia. Automação combinatória e sequencial: análise e projeto. Sistemas híbridos. Arquitetura da automação. Práticas computacional e experimental.

Pré-requisito:


Nome:
Automação Industrial

Ementa:
Sistemas computadorizados para automação industrial e da manufatura. Controle sequencial. Controladores programáveis: associações lógicas, memorização, contagem, temporização. Acionamentos elétricos, hidráulicos e pneumáticos.

Pré-requisito:
Desenvolvimento de Algoritmos


Nome:
Circuitos Elétricos II

Ementa:
Introdução à Transformada de Laplace, sistemas de primeira e segunda ordens; geração de sinais periódicos no domínio da frequência complexa, teoremas valor inicial e final. Análise transitória e resposta em frequência. Aplicação da transformada de Laplace à análise de circuitos; redes estacionárias; redes magneticamente acopladas e indutância mutua; resposta em frequência, polos e zeros, circuitos ressonantes, diagrama de Bode.

Pré-requisito:
Circuitos Elétricos I


Nome:
Comunicação de Dados para Robôs Móveis

Ementa:
Comunicação via Rádio; TCP/IP; arquiteturas de comunicação de dados; redes industriais; redes celulares

Pré-requisito:
Digitais II e Eletrônica I


Nome:
Eletrônica II

Ementa:
Amplificadores Operacionais. Configuração inversora, não-inversora, integrador e somador. Circuitos com Amplificadores Operacionais. Amplificador Diferencial. Realimentação. Resposta em Frequência. Amplificador de Potência.

Pré-requisito:
Eletrônica I


Nome:
Libras (Língua Brasileira de Sinais)

Ementa:
A realidade da pessoa surda na sociedade brasileira. Inclusão e integração do surdo na educação e no mercado de trabalho. De que se trata a Língua Brasileira de Sinais. A linguagem de Sinais em situações dialógicas: apresentação pessoal, cumprimentos, diálogos corriqueiros, alfabeto, números, cores, verbos, tempos verbais, pronomes, família, a casa, profissões, alimentos, horários, sentimentos, meios de comunicação, meses do ano.

Pré-requisito:


Nome:
Modelagem de Software Orientado a Objetos

Ementa:
Conceitos de Modelagem Orientada a Objetos, modelagem em UML, documentação de sistema.

Pré-requisito:
Orientação à Objetos


Nome:
Segurança e Confiabilidade de Robôs

Ementa:
Introdução aos conceitos de segurança e confiabilidade; Métodos e Análises de Confiabilidade; Segurança e perigos associados aos sistemas robóticos.

Pré-requisito:


Nome:
Simulação de Sistemas

Ementa:
Modelagem para simulação. Modelos de simulação de sistemas. Teoria das Filas. Desenvolvimento de modelos de simulação. Aplicação da simulação em sistemas de produção. Validação de modelos e análise de resultados. Simulação com o uso de sistemas computacionais.

Pré-requisito:


Nome:
Termodinâmica

Ementa:
Leis básicas da termodinâmica (1ª e 2ª Leis da Termodinâmica). Sistemas abertos ou fechados. Regime permanente ou variável. Propriedades das substâncias puras. Estudos dos ciclos de Carnot, Rankine e refrigeração.

Pré-requisito:
Física II


Nome:
Transferência de Calor

Ementa:
Modos de transferência de calor: condução, convecção e radiação; Resistência térmica; Associação em série e paralelo; Aletas; Trocadores de calor

Pré-requisito:


Nome:
Veículos Autônomos

Ementa:
Principais tecnologias e subsistemas característicos de veículos semi-autônomos e autônomos. Sensores, atuadores, comunicação, sistemas de controle, inteligência e integração das diversas tecnologias. Infraestrutura, regulação e tendências.

Pré-requisito:

Trabalho de conclusão de curso II

Trabalho de conclusão de curso II

Desenvolvimento de Projeto em Grupo

Estude no Exterior

Você tem a possibilidade de realização de intercâmbios e estágios no exterior, ampliando a sua qualificação profissional e formação acadêmica. A FEI estabelece parcerias com instituições de ensino e promove diferentes projetos de colaboração internacional, desenvolvendo para a Engenharia de Robôs programas de intercâmbio institucional e dupla diplomação.

Saiba mais

Programas de Iniciação Científica, Tecnológica e de Inovação, Didática e de Ações Sociais

Os programas de Iniciação Científica, Tecnológica e de Inovação, Iniciação Didática e de Ações Sociais de Extensão visam iniciar alunos de bom rendimento acadêmico na metodologia científica aplicável às áreas: científica, tecnológica, didática ou de ação social. A participação em programas de iniciação permite ao aluno uma complementação de sua formação, pois é por meio das pesquisas realizadas durante a iniciação que o aluno tem a oportunidade de ver a aplicação prática do que é ensinado em sala de aula. A concessão de bolsas a alunos envolvidos no desenvolvimento de projetos é uma forma de incentivar sua participação.

Saiba mais

Bolsas de Assistência Social

Um setor especial atende os alunos que necessitam de bolsas, apoiando seu ingresso no ensino superior, e também os alunos regularmente matriculados que possam ter dificuldades financeiras de se manter no curso. O objetivo é oferecer um local de apoio, orientação e acompanhamento da permanência na vida universitária. Venha conversar conosco se precisar!

Saiba mais

Júnior FEI

Administrada e constituída totalmente por alunos da graduação, um dos objetivos da Júnior FEI é envolver os alunos que são membros da empresa em projetos de inovação, tecnologia, gestão e desenvolver habilidades profissionais e pessoais. Alunos de qualquer curso podem fazer parte da Junior FEI.

Confira mais informações no site da Jr. FEI

Pai

Programa de Apoio ao Ingressante

Especialmente para quem acaba de iniciar a vida acadêmica, a Instituição possui um programa que tem como principal objetivo estimular e orientar os novos alunos a encarar o ensino superior com responsabilidade e com muito mais confiança.

Saiba mais

Visite a FEI

Venha conhecer nossa infraestutura e tirar todas as suas dúvidas através de nossa visita monitorada.

Clique aqui e agende sua visita!

Mais Informações

Agende uma Visita

Como você conheceu a FEI?






OBS: A FEI entrará em contato para confirmar a visita

Preencha seus dados abaixo para visualizar o PPC

Preencha seus dados abaixo para visualizar o PPC

Preencha seus dados abaixo para visualizar o PPC

Preencha seus dados abaixo para visualizar o PPC

Preencha seus dados abaixo para visualizar o PPC

Preencha seus dados abaixo para visualizar o PPC

Preencha seus dados abaixo para visualizar o PPC

Preencha seus dados abaixo para visualizar o PPC

Preencha seus dados abaixo para visualizar o PPC

Preencha seus dados abaixo para visualizar o PPC

Preencha seus dados abaixo para visualizar o PPC

Mais informações