Relações Internacionais

Estude no Exterior

O Centro Universitário FEI mantém convênios de colaboração com instituições estrangeiras permitindo que a comunidade acadêmica tenha substanciais experiências no exterior. O atual mercado exige que profissionais possuam competências globais e sejam capazes de trabalhar de maneira respeitosa e eficiente com pessoas de diferentes culturas e idiomas. Visando oferecer novas oportunidades para a qualificação profissional e formação acadêmica da comunidade, o Centro Universitário FEI estabelece parcerias com instituições de ensino no exterior e promove diferentes projetos de colaboração internacional, incluindo os programas de intercâmbio cultural e/ou científico e os de dupla diplomação.


Convênios Internacionais

Confira abaixo algumas instituições internacionais conveniadas com o Centro Universitário FEI


Bolsas de Estudos

O Centro Universitário FEI oferece, através de parceiros, a oportunidade dos seus alunos participarem de processos seletivos para bolsas de estudo no exterior. Veja alguns exemplos abaixo:

Intercâmbio

Podem se candidatar aos programas de intercâmbio os alunos regularmente matriculados nos cursos de graduação e pós-graduação do Centro Universitário FEI, campi São Bernardo do Campo e São Paulo.

PRÉ-REQUISITOS DO CANDIDATO

O candidato a ser selecionado e indicado pelo Centro Universitário FEI à instituição anfitriã deverá preencher, obrigatoriamente, os seguintes requisitos:

  • Estar regularmente matriculado no Centro Universitário FEI;
  • Estar em dia com as obrigações assumidas no Contrato de Prestação de Serviços Educacionais assinado com a FEI;
  • Ter integralizado no mínimo 30% do currículo previsto para seu curso, no momento do início previsto da viagem de estudos;
  • Ter média aritmética de todas as disciplinas cursadas igual ou maior a 6,0 (seis);
  • Manifestar compromisso de retornar ao Brasil após o período de estudos no exterior para conclusão dos estudos de graduação no Centro Universitário FEI;
  • Possuir proficiência no idioma do curso de destino*.

*Instituições de ensino superior podem exigir pontuação mínima em exame de proficiência na língua estrangeira.


PROCESSO DE CANDIDATURA

Antes de iniciar a candidatura, o interessado deverá certificar-se que a instituição de destino oferece cursos na sua área de estudos e confirmar a disponibilidade de vagas.

Uma vez selecionada a instituição para a qual irá se postular, o estudante deverá apresentar todos documentos de candidatura listados abaixo à Coordenadoria de Relações Internacionais do Centro Universitário FEI, localizada no Prédio D - térreo - sala 07:

  • Formulário de Inscrição FEI;
  • Ficha de Inscrição da Instituição de destino;
  • Cópia da página de identificação do passaporte, com validade para todo o período de estudos no exterior;
  • Histórico escolar (em português ou inglês, dependendo do destino);
  • Carta de Apresentação/Motivação (no idioma da universidade anfitriã);
  • Currículo (no idioma da universidade anfitriã).
  • 2 fotos 3x4;

Caso necessário, o candidato deverá se responsabilizar por eventual tradução de documentos.

As instituições de destino podem solicitar documentos adicionais, não listados acima.


CRONOGRAMA

  • Período de estudos no exterior: 1 (um) semestre acadêmico:

O intercâmbio semestral poderá ser renovado por igual período desde que o Centro Universitário FEI e a instituição de acolhimento concordem com a extensão do programa e permanência do aluno. Em alguns casos, a universidade de destino poderá exigir que o programa de intercâmbio seja anual.

  • Datas limites para apresentação dos documentos de candidatura:

Período do Intercâmbio:

1º semestre: 15 de setembro

2º semestre: 1 de abril

Não será aceita documentação incompleta ou fora do prazo.


PROCESSO DE SELEÇÃO

O programa de intercâmbio funciona baseado no princípio da reciprocidade, e o número de vagas disponíveis na instituição anfitriã pode variar dependendo do número de alunos estrangeiros recebidos.

As instituições no exterior podem limitar a quantidade de vagas oferecidas.

Caso existam mais candidatos que o número de vagas disponíveis, o Centro Universitário FEI selecionará o aluno que será nomeado à instituição estrangeira com base nos seguintes critérios:

  • Ciclo no qual o estudante está matriculado (serão considerados os alunos dos ciclos mais avançados);
  • Melhores médias obtidas ao longo dos ciclos anteriores (média aritmética);
  • Proficiência no idioma do curso de destino (em alguns casos este critério pode ser determinante);
  • Qualidade dos documentos apresentados;
  • Cumprimento de prazos e correto preenchimento dos formulários;
  • Parecer acadêmico do Coordenador de Curso.

Os critérios acima não seguem uma ordem.


CUSTOS

Durante o período de intercâmbio, o estudante continuará regularmente matriculado no Centro Universitário, com registro acadêmico "em intercâmbio", e deverá continuar pagando as mesmas taxas de matrícula e mensalidades à FEI, sem qualquer acréscimo. Com exceção de possíveis taxas administrativas do país ou universidade anfitriã, o participante do programa estará isento de pagamentos à instituição estrangeira.

Os custos de hospedagem, alimentação, seguro de saúde, passaporte, visto, passagem aérea e gastos pessoais são de responsabilidade do aluno.

Em alguns casos, para fins de migração, o aluno deverá apresentar uma declaração financeira emitida por um banco sediado no Brasil, indicando que o candidato possui condições de se manter no exterior.


APROVEITAMENTO DE ESTUDOS

Habitualmente estudantes atendem entre 3 (três) e 6 (seis) matérias por semestre no exterior, o que corresponde a carga horária integral na instituição de acolhimento.

Os alunos podem selecionar disciplinas visando a dispensa de matérias ou conteúdo complementar à formação na FEI;

Em qualquer dos casos, recomenda-se a busca de orientação acadêmica junto a professores, coordenadores e chefes de departamento;

A inscrição nas disciplinas indicadas dependerá de aprovação da instituição de destino, que avaliará a disponibilidade, grade horária e pré-requisitos existentes;

O aproveitamento de estudos é analisado individualmente pelos coordenadores de curso ou tutores acadêmicos - professores indicados, e a situação acadêmica do aluno é regularizada no regresso, mediante apresentação do histórico escolar original da instituição de destino com a relação e ementas das disciplinas cursadas e aprovadas (e qualquer material complementar requisitado para a análise de equivalências). As equivalências são concedidas por conteúdo das matérias e a FEI não garante progressão de ciclo no retorno.

O intercambista deverá informar seu Coordenador de Curso ou Tutor Acadêmico sobre eventuais mudanças no plano de curso que será atendido no exterior;

Ficará a cargo do aluno a responsabilidade de completar a sua formação no que diz respeito às matérias não dispensadas do programa da FEI, embora haja a recomendação de que o aluno atenda no exterior disciplinas específicas, contextualizadas, complementares a formação do aluno e que não seriam cursadas no Centro Universitário FEI;

Caso o estudante esteja matriculado no último ciclo (formando) no momento do início da viagem ao exterior, não poderá obter dispensa completa de ciclo por aproveitamento de estudos, devendo portanto atender parte das disciplinas do programa da FEI ao retornar para a instituição;

Todos os alunos, mesmo aqueles que não solicitarem o aproveitamento de estudos, deverão apresentar o histórico escolar original da instituição estrangeira.


CONSIDERAÇÕES FINAIS

A instituição de acolhimento no exterior resguarda o direito de admitir ou rejeitar as candidaturas dos alunos;

Após admitido pela instituição de acolhimento, o participante deverá, obrigatoriamente, contratar um seguro de saúde internacional válido em todo território de destino. Alguns países exigem seguros de saúde e apólices específicas;

Recomenda-se que o participante encaminhe à Coordenadoria de Relações Internacionais do Centro Universitário FEI uma cópia do visto de estudante, informe os dados de viagem e comunique sua chegada no país.

Não é permitida a chegada à instituição de destino fora do período estipulado pela mesma;

Os participantes estarão sujeitos às normas e regimento da instituição de destino, bem como a eventuais penalidades decorrentes do comportamento acadêmico e disciplinar;

Os casos não previstos serão decididos pela Reitoria.


DESTINOS

CHILE
EL SALVADOR
EQUADOR
ESPANHA
FRANÇA
GUATEMALA
HUNGRIA
NICARÁGUA
PARAGUAI
PORTUGAL
REPÚBLICA DOMINICANA
SUÉCIA
TAIWAN
URUGUAI

Contato

E-mail: internacional@fei.edu.br 
Telefone: +55 11 4353-2900 ramal: 2234
Prédio D – térreo – sala 07.

Conservatoire National des Arts et Métiers (CNAM) – França

O convênio permite o intercâmbio de pesquisas na área de administração, com foco em Inovação, Organizações, Sustentabilidade e Interfaces destas áreas com temas da área de Marketing. A proposta contempla a cooperação de docentes no programa de doutorado do CNAM, facilitando a mobilidade de alunos e o desenvolvimento de parte das atividades de doutorado da instituição francesa no Brasil. Além disso, o convênio promoverá integração das pesquisas das duas instituições, aprimorando o relacionamento entre as comunidades científicas dos dois países.

O convênio é resultado de estudos preexistentes entre o mestrado em Administração da FEI e o Lipsor (Laboratório de Inovação, Estratégia e Organização), que pertence à instituição francesa. Credenciada como escola-sede pela Conservatoire National dês Arts et Métiers, a FEI será responsável por disponibilizar as instalações e o corpo docente brasileiro e também fará a seleção de alunos brasileiros para o doutorado que, como requisito básico, deverão falar francês. Os professores do curso de Administração irão desenvolver o programa das aulas em conjunto com os docentes franceses, utilizando recursos como a videoconferência.

O diploma será válido na França, mas o objetivo é futuramente promover o double degree(dupla validação). Assim que a FEI tenha estruturado seu próprio doutorado, o aluno obterá diploma validado nos dois países, defendendo a tese no Brasil e na França.

Bolsas de Estudos


SANTANDER UNIVERSIDADES

O Centro Universitário FEI oferece, em parceria com a Divisão Global do Santander Universidades, bolsas de estudos no exterior quem permitem a formação discente internacional em universidades estrangeiras conveniadas.

TOP España

O Programa destinado a alunos de graduação e professores, a aprimorem seus conhecimentos no idioma e cultura espanhola, por meio de um curso de 3 semanas, com tudo custeado pelo Santander, em uma das instituições mais tradicionais da Europa - a Universidad de Salamanca.

Inscrições e Resultados

Bolsas Ibero-americanas

O Programa Ibero-Americanas premia os selecionados com uma bolsa-auxílio no valor equivalente a 3 mil euros para promover o intercâmbio de um semestre acadêmico em uma das universidades conveniadas da FEI, presente na região da Ibero-América. Convênio estabelecido entre a FEI e a universidade de destino garante a isenção do pagamento de taxas acadêmicas no exterior. O valor do prêmio deve ser usado para cobrir parte dos custos com transporte, hospedagem e alimentação.

Inscrições e Resultados

Fórmula Santander

O Programa Fórmula Santander premia o selecionado com uma bolsa-auxílio no valor equivalente a 5 mil euros para promover o intercâmbio de um semestre acadêmico em uma das universidades conveniadas da FEI, presente na região da Ibero-América.

Convênio estabelecido entre a FEI e a universidade de destino garante a isenção do pagamento de taxas acadêmicas no exterior. O valor do prêmio deve ser usado para cobrir parte dos custos com transporte, hospedagem e alimentação.

Inscrições e Resultados

Santander Mundi

Nesta 1ª edição, o Programa concederá 100 bolsas, no valor equivalente a 4 mil euros, a estudantes de graduação e de pós-graduação para realizarem um intercâmbio de até um semestre em um dos mais de 20 países em que o Santander está presente.

Inscrições e mais informações

CAPES / BRAFITEC

Programa de bolsas mantido pela CAPES, consiste em projeto da FEI em colaboração com o Institute Catholique d’Arts et Métiers, França, para fomentar o intercâmbio anual e de dupla-diplomação em nível de graduação, estimulando a aproximação das estruturas curriculares, inclusive no que diz respeito à equivalência e reconhecimento mútuo de atividades acadêmicas.

Inscrições e Resultados

Santander Mundi

Inscrições & Informações

Receba as nossas notícias