01/12/2016 

 Equipe Fórmula FEI fica entre as melhores colocadas em competição nacional 

 Durante sua participação na  Fórmula SAE Brasil, a equipe da FEI disputou com outras 40 instituições e obteve o vice-campeonato nacional, na categoria de carros elétricos, e está entre as cinco melhores equipes nacionais na categoria combustão 


Durante o último final de semana, a Equipe Fórmula FEI participou da 13ª edição da competição Fórmula SAE Brasil e ficou entre as melhores equipes do País, competindo com outras 40 equipes na categoria dos projetos à combustão e 10 equipes na categoria de carros elétricos.

Além de conseguirem o vice-campeonato do Fórmula FEI Elétrico e a 5ª colocação do Fórmula FEI Combustão, os projetos também obtiveram ótimos resultados em provas da competição: o Fórmula FEI Elétrico conquistou o 2°lugar na prova de aceleração, o 1°lugar na prova de skidpad, o 2°lugar na prova de autocross e 1°lugar na prova de projeto do veículo (Design). Já o Fórmula FEI Combustão, obteve o 3°lugar na prova de skidpad, o 1°lugar na prova de autocross e 3°lugar de projeto do veículo (Design).

Além disso, na categoria combustão a equipe da FEI conquistou o 2°lugar no Desafio Altair SAE Brasil Crash Formula e o 1° lugar em fotografia. Esse prêmio foi conquistado baseado na apresentação da solução de projeto e validação para o atenuador de impacto dos carros – um dispositivo de segurança do veículo.

Todos os anos os carros passam por aprimoramentos baseados nos resultados obtidos na competição do ano anterior. Para 2016, os carros tiveram significativas melhorias na aerodinâmica, ergonomia, redução de massa e também em processos de manufatura. “Participar do projeto e da competição Fórmula SAE é uma oportunidade única para os alunos. Permite que eles tenham contato com as mais modernas ferramentas e tecnologias, que desenvolvam competências para conceber um projeto intelectual e que sejam capazes de desenvolver um projeto de um carro por completo”, explica o Prof. Fábio Delatore, coordenador do projeto Fórmula FEI Elétrico.

Os alunos que participam do projeto são responsáveis por todo o seu desenvolvimento, desde a sua idealização, até a concepção final do carro, passando por análises de custo, tempo de manufatura, design. “Os alunos que se envolvem com um projeto como o Fórmula FEI, certamente saem com importantes diferenciais competitivos e se formam mais preparados para o mercado de trabalho. Posso citar inúmeros alunos que participaram do projeto e hoje se destacam no mercado de trabalho nacional e internacional. Como exemplo, temos o Prof. Rafael Serralvo Neto, que participou quando aluno da FEI, dos projetos Baja e Fórmula FEI e hoje, além de ser professor da FEI e coordenador do projeto do Fórmula Combustão, é engenheiro de inovação de powertrain na PSA, uma das maiores empresas da indústria automobilística internacional”, conta o Prof. Delatore.


Avalie esta notícia: (16 avaliações)