amb-interna 
660 
157 
Comunidade FEI 
/Style Library/fei/img/ambientacao/amb-img-comunidade.jpg 
/Style Library/fei/img/ambientacao/bg-amb-azul.png 

Carregando conteúdo...


 Mensagem da Pastoral - Dia dos Pais 

Você é hoje o que fui ontem...

Essa mochila, essa bermuda e agasalho, essa camiseta e tênis de marca têm muito a ver com essas mesmas coisas que eu também gostava de usar.

Eu me sentia mais livre e solto, o que você não consegue agora por causa da absoluta dependência do celular com a infinidade dos aplicativos. Você não se desliga da rede de centenas de amigos, não tem tempo de estar com você mesmo. Imagino que faço parte dessa rede, mas meu contato, porém, deve estar desativado! A comunicação entre nós parece que se torna cada vez mais difícil.

O número de atividades, a necessidade constante de estar fora, a pressa por causa do atraso, contribuem para ser impossível qualquer tentativa de aproximação. A distância entre nós é grande. Já não posso ver o menino que há pouco tempo ia comigo ao estádio, vibrava na torcida e voltava feliz cantando a vitória ou aborrecido quando deu tudo errado...
E pensar que também foi assim comigo...

Minha mãe, por mais que tentasse, desistia de colocar ordem naquele quarto em que as imagens de heróis se misturavam com lembranças de passeios e fotos dos amigos. Eu gostava de curtir a vida, de fazer os mais absurdos programas, aproveitar-me dos finais de semana, sem pensar nos compromissos de estudante. A meu favor, a juventude, a alegria, a paixão, o amor.

Que preocupação poderia ter se tinha certeza de que meu pai estava de plantão para as emergências?
O tempo passou, muitas coisas aconteceram e cenário agora é outro.

Meu filho, aquele jovem, aparentemente tão alienado e irresponsável, hoje é seu pai. E não adianta querer explicar agora o que acontece. Vai chegar o dia em que você compreenderá.

A paternidade não é pura consequência biológica. Forma-se em parceria com o amor de uma mulher, aquela companheira fiel da convivência familiar. Ser pai é dividir com Deus a tarefa de preparar os filhos para a vida.

Sei que essa tarefa está cada vez mais difícil e complexa. Mas não importa, pois estou feliz.

Vejo que você, meu filho, realiza o sonho de seu pai!

Pe. Paulo D’Euboux S. J.
Assistente Religioso do centro Universitário FEI