amb-interna 
660 
157 
Comunidade FEI 
/Style Library/fei/img/ambientacao/amb-img-comunidade.jpg 
/Style Library/fei/img/ambientacao/bg-amb-azul.png 

Carregando conteúdo...


 Campanha da Fraternidade 2017 

Fraternidade: Biomas Brasileiros e Defesa da Vida

A Campanha da Fraternidade deste ano tem como foco os Biomas Brasileiros, termo criado em 1916 para configurar uma comunidade biológica regional. Para o Brasil, o "Bioma" é usado como sinônimo de "região biogeográfica": uma área determinada pela composição das espécies presentes ou como sinônimo de um espaço geográfico de dimensões subcontinentais, com predominância de características geomorfológicas e climáticas, e também por um tipo de vegetação.

Mas você sabe o que é a Campanha da Fraternidade?

A Campanha da Fraternidade é realizada todos os anos pela Igreja Católica no Brasil e envolve comunidades com diversas ações pastorais em todas as regiões do Brasil, entre elas a FEI. É uma campanha marcada pelo empenho de todos em favor da solidariedade e fraternidade, sempre abordando temas atuais que a cada ano propõe uma transformação social e comunitária, seja ela em desafios sociais, econômicos, culturais e até mesmo religiosos, onde toda a população envolvida na Campanha da Fraternidade é convidada a ver, julgar e agir.

A Campanha da Fraternidade sempre começa na quarta-feira de cinzas e acontece durante o ano todo! Muitas pessoas acham que ela termina depois da Páscoa, mas não, ela dura até o fim do ano, junto com o Ano Litúrgico, onde são desenvolvidas diversas atividades pastorais.

Refletindo sobre o tema deste ano da CF 2017, saiba quais são os Biomas Brasileiros.

Amazônia

É o maior bioma brasileiro e a maior reserva de diversidade biológica do mundo. Corresponde a quase metade do território nacional. O clima dessa região é quente, úmido e sua vegetação caracterizada pela floresta fechada com árvores de grande porte.

Cerrado

O Cerrado é o segundo em extensão. Abrange os estados do Maranhão, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Tocantins. Além disso, ocupa uma pequena área de outros estados. O clima predominante é tropical e sua vegetação é formada por árvores de troncos retorcidos, gramíneas e arbustos.

Mata Atlântica

A Mata Atlântica estende-se por toda a faixa litorânea de norte ao sul do país, englobando a totalidade o Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo, grande parte do Paraná, Santa Catarina e pequenas áreas dos outros. O clima predominante é tropical-úmido com altas temperaturas e índice pluviométrico. A vegetação é marcada pela presença de árvores de grande e médio-porte formando uma floresta densa e fechada.

Pantanal

O Pantanal tem a menor extensão territorial. Abrange dois estados: Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. O clima predominante é tropical continental com altas temperaturas. O verão é chuvoso e o inverno seco. A vegetação é marcada pelas gramíneas, árvores de médio porte, plantas rasteiras e arbustos. O nome desse bioma é devido às regiões pantanosas existentes.

Pampa

O Pampa é o único bioma presente em um só estado, o Rio Grande do Sul. O clima é subtropical com as quatro estações do ano bem definidas. A vegetação tem a presença de gramíneas, arbustos e árvores de pequeno porte. Há extensas áreas de pastagens e rebanhos. Não foi incluído nas preocupações da Campanha da Fraternidade.

Todos eles estão ameaçados. A principal ameaça é representada pela interferência indevida do homem.

As alterações afetam diretamente os seres que neles vivem. Há espécies já extintas ou em extinção.

Por motivos econômicos, a natureza está sendo vista como fonte de recursos sobre os quais o homem avança com a vontade de se apropriar, sem considerar as consequências presentes e futuras de sua intervenção para a sustentabilidade da vida em todas suas manifestações.

A natureza está ferida e desrespeitada, e a maior vítima é o próprio homem.